quinta-feira, 5 de maio de 2011

Consórcio aprovação: Torça para ser contemplado logo.

O tema "concurso" permeou todos os setores da minha vida. Com o financeiro não foi diferente. Dinheiro eu não tenho, mas crédito na praça, sim. E como estou a usá-lo! A minha fatura de cartão de crédito chegou e eu, incrédulo com tanta despesa, passei a observá-la.
 
De cara, parecia uma transcrição de jogo de futebol: "Gol, Gol, Gol..." De repente... "TAM, TAM, TAM, TAM, TAM!!!" E antes que eu entrasse no vermelho, cheguei no "Azul". E tem hotel também, restaurante, lanchinho caro de aeroporto e por aí vai. Tantas parcelas que parecem não terminar nunca. O que era para ser transitório, passa a ser definitivo. Não é "1 de 6" ou "1 de 10". É "1 de ". É uma parcela única, já inserida no orçamento familiar. Quase um financiamento, um consórcio de cinquenta, sessenta meses (ou mais?). É... De fato, parece um consórcio. É o "consórcio aprovação".  Torça para ser contemplado logo. Neste consórcio, o lance que pode abreviar a aquisição do bem, é pago com o suor do seu rosto e muito fosfato queimado.

Vamos imaginar uma situação hipotética. Você programa para fazer (mais) um concurso. Sai o cronograma, você corre para reservar o hotel e comprar a passagem, tudo para pegar o melhor preço. Vamos de avião, né, porque ônibus está quase o mesmo preço!? 

Aí o cronograma muda. A sua passagem aérea, comprada na "bacia das almas", sobe lá para as alturas por conta da remarcação. Para completar, você descobre que a nova data deste concurso coincide com o de outro, que você já tinha pago a inscrição (sempre "muito barata", algo em torno de R$ 200,00, ou mais). E por conta destas despesas, você percebe que, pelo menos dois concursos que esperava fazer, ficarão para outra oportunidade.

Mais uma vez, você se enche de esperança, estuda, se benze, viaja e faz a prova. Aí você toma conhecimento que todo aquele esforço financeiro foi em vão, já que, mal você desfez sua mala, descobre que a banca resolveu anular (acertadamente) o certame.

Há um inegável desgaste emocional também. Mas este eu nem conto - apesar de dar as minhas choramingadas por aí - , porque quem pretende exercer um cargo com tamanha responsabilidade e está trilhando um caminho de profunda seriedade nos estudos, precisa aceitar que esta viagem não será num mar de rosas, feito conto de fadas. É luta, luta e mais luta. Tropeço em cima de tropeço, sonhando com a redenção.

É por aí a realidade do concurseiro profissional. É o preço, amigos. Continha alta essa, não é? Mas, teimoso que sou, continuo a pagar o meu carnê. É um carnê fininho (risos)... Tão espesso quanto o vademecum surrado que me acompanha. Vontade de tacar fogo nele! Mas, como diz meu pai, "vontade é uma coisa que dá e passa", e logo estou a imaginar o dia da contemplação. Dia em que algum diário oficial, de algum estado da federação, vai publicar a minha carta de crédito, para que todos vejam e para produção de tão sonhados efeitos.

7 comentários:

  1. É isso aí Mocam, logo vc será contemplado, tenha certeza disso, pq quem faz o bem sempre recebe o bem, mais hora menos hora e a sua tá chegando!!!
    bjokas

    ResponderExcluir
  2. Muito interessante esse texto!
    Espero ser contemplada logo, senão vou passar a discutir judicialmente a abusividade das clásulas rsrsrs
    Bjsss, Lianis.

    ResponderExcluir
  3. Bom, Mocam, sou nova aqui no seu blog. Mas, nem tão novo assim é meu carnê. rsrs Lembre-se que o dia demora, mas há de chegar. Abs!

    ResponderExcluir
  4. Mocam,

    A minha fatura está parecida com a sua! kkkkkkkkk(gol, gol, tam, tam...)
    Haja grana, mas é um consórcio msm!
    Vc é pura critatividade!rsrs

    ResponderExcluir
  5. Mocam

    vc é super criativo!

    Não é que minha fatura está parecida com a sua! kkkkkk
    Estou tamtam de tanta conta para pagar!
    rsrsrs

    ResponderExcluir
  6. A primeira parcela do meu carnê venceu no dia 5 desse mês! Os “Gols” ainda estão meio tímidos, mas é só o início do campeonato!
    Espero que meus pais tenham paciência (e paciência R$) nesse meu caminho, sei que ele é longo!
    E que Deus nos dê forças hoje e sempre
    Bjo mocam
    mmbabi

    ResponderExcluir
  7. Brilhante a comparação!!!

    Lamentável a constatação!!!

    Iminente a contemplação!!!

    Marcos Boechat

    ResponderExcluir

• Vídeos, dicas de estudo, materiais gratuitos e muito mais. Grupos de estudo e muita informação sobre concursos das carreiras jurídicas. Acesse o Blog do MOCAM e cadastre-se no Fórum do MOCAM.

• Discordar é saudável. Mas comentários ofensivos não serão publicados.

• Publicidade não será permitida.

• Não serão publicados comentários contendo emails, números de telefones, endereços ou outros dados pessoais.

Veja Também no Blog do MOCAM