domingo, 13 de fevereiro de 2011

Kindle: O leitor digital da Amazon - Uma ferramenta do concurseiro

Este é o meu Kindle!
Como já anunciei postagens atrás, adquiri um Kindle, o leitor digital da livraria Amazon.com

As funcionalidades do produto, aliadas à sua portabilidade, são o "pulo do gato". É uma tremenda ferramenta, tanto para leitores vorazes, como para os profissionais do Direito e, como não poderia deixar de ser, os concurseiros.

Para que entendam melhor, fiz um pequeno vídeo para explicar o porquê do sucesso deste gadget

Confiram:





O meu Kindle: 
Atualmente, existem três modelos do Kindle. O Kindle Wi-fi (U$ 139,00), o Kindle 3G (U$ 189,00) e o Kindle DX (U$ 379,00). Entre os dois primeiros a diferença está na conectividade, já que o visual, tela (6 polegadas) e funcionalidades são praticamente os mesmos. Já o terceiro, o Kindle DX, é o maior deles, com tela de 9,7 polegadas. É o mais caro, mais completo, mas nem tanto portátil. Por isso é o modelo menos preferido.

O meu aparelho, na verdade, não é o Kindle mais recente. Comprei o Kindle 3G da segunda geração, com tela de 6 polegadas. É o chamado "Kindle 2". Pelo que percebi num quadro comparativo no site da própria Amazon, as diferenças entre o Kindle 2 e o 3 são pontuais, não substanciais. As modificações que parecem fazer alguma diferença no uso, limitam-se a uma pequena redução de tamanho do aparelho (mas mantendo-se o mesmo tamanho da tela), uma melhora no contraste, um leitor de arquivos pdf mais aperfeiçoado e um aumento da capacidade de armazenamento. Por isso (e principalmente), se a sua intenção é dar uma economizada, pode comprar o Kindle da segunda geração sem maiores dramas.

Segue abaixo um breve comparativo das duas gerações:




Clique para ampliar
Comprando o Kindle: 
Hoje o Kindle pode ser trazido de fora como objeto pessoal, sem que haja a incidência de impostos (o que não vale para o Ipad...). O problema exatamente é ir ao exterior, coisa absolutamente fora do cotidiano do brasileiro. Vale a pena apelar para um primo, um tio, um amigo que esteja vindo de lá.

Ou então comprar um aqui, novo ou usado. Foi o que fiz. Comprei um usado.

A minha intenção ao comprar um leitor digital, era ter em mãos, de maneira rápida, fácil e organizada, todos os materiais de aula que tenho no computador. Fiz as contas e a impressão de tudo que tinha ultrapassaria fácil, fácil, a marca R$ 300,00, R$ 400,00. Além daquela pilha de apostilas amontoadas na minha estante, todas encadernadas com uma simpática espiral preta. Não ia ser bacana.

Assim, estabeleci um valor máximo a ser gasto: R$ 400,00. E fui à caça!

O brasileiro é um tipo pouco afeito à leitura e muito afeito a muamba. Então, a chance que eu tinha de comprar um Kindle de alguém que estivera no exterior e comprou o aparelhinho sem saber o porquê era muito grande. E não tardou muito. Uma semana após as minhas buscas em classificados e sites de compra, já estava com um em mãos. Cheirando a novo e com uma capinha de couro chique que só vendo. O preço? R$ 380,00. Não dava para perder.


Clique para ampliar
Convertendo os arquivos: 
Logo que peguei o aparelho, tratei de botar os arquivos que tinha para dentro. Foi uma tarefa que me deixou preocupado no início, pois não entendia bulhufas do gadget. Mas não precisei queimar muito fosfato não.

O Kindle lê, basicamente, o formato "azw" (e suas variações, "mobi" e "prc") além dos "pdf" que todos conhecem. Com este último a experiência não foi muito entusiasmante não. Você perde funções como aumentar e diminuir o tamanho de fonte, e a mudança de páginas fica lenta.

Agora, se você quer aproveitar ao máximo o aparelho, converta os seus arquivos "doc", "pdf", "html" para os formatos "prc" ou "mobi". Aí o Kindle cresce e aparece! Você passa a ter funcionalidades como aumentar e diminuir a fonte, aumentar espaçamento entre linhas, alterar a orientação (retrato ou paisagem). E se o arquivo for em inglês você pode pedir que o aparelhinho leia para você, tanto com uma voz feminina, quanto masculina. Fantástico. Pena não ter essa função para o nosso complexo português.

Mas aí você me pergunta: como converter esses arquivos? Dois programas (gratuitos) são necessários, e você os encontra facilmente na internet. São o "Mobipocket Creator" e o "Calibre". Com o primeiro você consegue fazer seus arquivos "doc" ou "html" virarem arquivos compatíveis com o Kindle. Este é o mais importante e o que permite ler minhas anotações e materiais diretamente no Kindle. 

O segundo (Calibre) é uma ótima ferramenta para organizar seus livros digitais no aparelho. Além disso, o Calibre permite que você converta um livro digital para outro formato de livro digital. Eu explico. O mercado de livros digitais é um pouco complexo. Cada livraria quer vender o seu peixe. Assim, os formatos utilizados por cada uma são os mais diversos, de modo que cada um dos leitores digitais lê, de regra, um formato em específico. Por exemplo, os livros digitais em formato "azw" (e suas variações, "mobi", "prc") são exclusividade da livraria Amazon (que comercializa tanto leitores digitais, quanto livros digitais). No mercado brasileiro, o formato encontrado para compra de livros digitais, via de regra é o "epub" (mas você também encontrará livros em "pdf"). O "epub" é compatível com o leitor digital da Sony e com outros leitores digitais, como o "Cool-er". Entretanto, não funciona no Kindle.

Assim, para que você não fique preso ao monopólio da Amazon em relação ao seu Kindle, você poderá comprar livros no Brasil em livrarias como a "Gato Sabido" no formato "epub", mas deverá convertê-los em formato "mobi". E essa conversão pode ser feita pelo programa Calibre, que citei agora a pouco.

Um último detalhe. A conversão de tabelas e gráficos para o Kindle não fica muito boa não. Invariavelmente o conteúdo das tabelas acaba por vazar dos limites, desconfigurando a visualização. Mas arrumei uma solução, que é converter estas tabelas em imagens. Muito fácil de fazer. Você só precisa saber os comandos "copiar" e "colar". Mas para não ficar muito extenso o texto, deixo para um outro momento essa explicação. Se alguém precisar da dica é só deixar um comentário na postagem que respondo.

As funções do aparelhinho: 
Aumentar, diminuir a fonte. Ler na vertical, horizontal e até de cabeça para baixo. Ouvir música enquanto lê. Sublinhar seu texto. Compartilhar seus trechos favoritos na sua rede social. Adicionar notas de rodapé. Buscar por palavras. TUDO ISSO É POSSÍVEL. Parou de ler o texto? Desligue e quando voltar o seu livro estará te esperando na mesma página. Tudo automaticamente.

Ah! MOCAM, mas isso o meu computador faz! Sim, faz e faz melhor. Mas em duas coisas ele perde de goleada. Primeiro: portabilidade. Todo mundo acha que estou com uma agenda debaixo do braço, quando na verdade estou levando uma biblioteca. Segundo: a tecnologia "e-ink" (tinta digital). Quando vi isso não acreditei. Achei que tinha um papel pregado na tela do Kindle, quando na verdade era a tela dele mesmo. Parece papel gente, não é conversa. Não existe luz por trás da tela, como nas telas de LCD. Não tem vista cansada, porque a tela é opaca, sem brilho. Tanto é que você precisará de uma luminária ou abajour quando estiver num ambiente escuro, do mesmo jeitinho que você faz com os seus livros convencionais. Quer entender melhor? Veja a imagem ampliada de uma tela do Kindle (imagem superior) e uma tela de LCD (imagem inferior):




Algumas fotos do meu Kindle em pleno uso "concursal":


Clique para ampliar

Clique para ampliar

Clique para ampliar


Quer botar o seus códigos no Kindle? Baixe direto do site da Presidência da República o arquivo "html" e converta em livro digital. Quer ler suas anotações e resumos? Converta-os e bote para dentro do Kindle. Tudo isso é simplesmente magnífico.

Kindle X Ipad: 
Já me questionaram acerca da melhor opção: Kindle ou Ipad? A meu sentir esta comparação não é cabível. São produtos diferentes, propostas diferentes. O Ipad é show puro, como tudo que a Apple faz. Pudera eu ter um. Ele também lê livros digitais. Mas ele não foi projetado para (somente) ler livros. O Ipad (assim como o Galaxy Tab da Samsung) é um tablet, um computador de mão. O Kindle e os outros "e-readers" são apenas leitores digitais. Não vá esperando que ele navegue pela internet (o Kindle até navega, mas é bem primitivo nesse quesito), passe vídeos. A proposta é ler livros, aliando a portabilidade à tecnologia da tinta digital.

Para terminar, não deixe de votar na enquete que está no topo da coluna da direita da página. Quero saber a quantas anda a sua simpatia por essa tecnologia.

E viva à modernidade!

Um forte abraço a todos,

MOCAM

44 comentários:

  1. poxa, MOCAM, obrigada pelo post.
    estou namorando um e-reader há tempos já.
    já pesquisei vários rewiews mas o seu é o mais voltado para o público concurseiro, adorei.
    bjs e boa semana...
    Macarena.

    ResponderExcluir
  2. Oi Mocam,

    Eu, assim como vc, adoro esse aparelho, carrego pra tudo que é lado com meus materiais de estudo...
    Valeu pelas dicas... Ahh! Depois manda a dica de como copiar e colar!
    []'S Vanessa.

    ResponderExcluir
  3. Mocam, estive recentemente em Ny York e comprei dois kindles: um para mim e outro para minha namorada.
    Confesso que ainda estou meio perdido quanto à sua melhor utilização, mas sem dúvidas essa sua postagem me clareou muita coisa.
    Eu pensava que só poderia ler textos no formato de livro digital caso os comprasse pela amazon, ou então por arquivos pdf (o que é muito ruim, por sinal).
    Gostaria de saber se você a pena comprar alguns livros digitais pelo cartão de crédito ou a utilização destes programas que voce citou já se faz de bom tamanho para o estudo.
    Abs
    Bruno Arruda.

    ResponderExcluir
  4. Vanessa Ramos

    Para passar esolver o problema com tabelas, o processo é relativamente simples. Imagine que o arquivo que você está convertendo é um documento do Word e nele tem a bendita tabela. Selecione a tabela e clique em copiar. Abra no seu computador o programa "Paint", que fica no menu "Acessórios". No Paint, clique em "colar". Agora faça o processo ao inverso, selecionado a imagem no Paint e colando-a de volta para o seu arquivo word. Quando for converter o arquivo doc em ebook (com o MobiPocket Creator) a tabela aparecerá em forma de imagem.

    O mesmo processo vale para desenhos ou elementos gráficos mais elaborados, que certamente não ficarão bem convertidos no formato ebook. Transforme-os em imagem e tudo certo.

    Abraços,

    MOCAM

    ResponderExcluir
  5. Bruno Arruda,

    Você está com uma ferramenta poderosa em mãos, acredite. Vc tem que usá-la!

    Eu, apesar de ter feito o cadastro na Amazon, nunca comprei um livro por lá. Tenho pouco tempo para leituras amenas (só leio Direito). Mas consegui livros gratuitos nas minhas andanças por aí. Baixei uns pdf's de livros digitais, converti no formato "prc" e estou lendo uma coisa ou outra. Entre elas, "O Amor nos Tempos do Cólera", de Gabriel Garcia Marquez.

    Nunca comprei os ebook's brasileiros. Mas o Calibre tem opção de converter arquivos epub para o formato mobi, que é o do Kindle.

    Veja, portanto, que o meu uso do Kindle (que não é pouco - Hoje fiquei o dia inteiro agarrado nele), se deve a estes dois programas. Pode baixá-los e montar o seu vademecum digital agora mesmo. É muito tranquilo.

    Qdo fizer me avise. Tenho certeza que não desgrudará mais do seu Kindle.

    Um forte abraço,

    MOCAM

    ResponderExcluir
  6. Mocam, baixei os dois programas: creator e mobipocket creator. No entanto, não estou conseguindo não estou conseguindo passar os arquivos para o kindle; não sei se estou fazendo da forma correta.
    Perguntas:
    1 - Os meus arquivos doc são emanados do Br Office e não do Word. O mobipocket creator reconhece? ou apenas se for do word?

    2 - Não estou conseguindo, da mesma forma, transformar os arquivos pdf nem html, ou então eu deva estar colando de forma errada na pasta do kindle.

    3 - Eu devo executar o programa na minha área de trabalho? ou dentro da própria pasta do Kindle?

    Desculpa a ignorância, mas é que realmente estou meio perdido, de sorte que se você pudesse fazer uma explanada de como utilizar o programa da forma correta eu ficaria muito grato..
    Abraço !

    Bruno Arruda

    ResponderExcluir
  7. É tipo internete?

    Ótimo texto, muito didático, até pra mim que nem sabia que esse negócio existia. Pelo visto vou dizer a meus netos: eu sou do tempo do livro de papel.

    Abraços.

    Kafka

    ResponderExcluir
  8. Bruno Arruda,

    Recebi o seu recado. Acho que já conversamos por email, estou certo? Se sim, confirme esse email para mim (enviando outro) que eu posso te dar uma força com materiais.

    Abraços velho,

    MOCAM

    ResponderExcluir
  9. Excelente post, Mocam!
    Interessante essa história de tinta digital. Deve ser confortável para ler!
    Eu estou usando um IPad para estudar. Realmente é muito bacana, principalmente porque ele me acompanha no cursinho (eu comprei um dock com teclado externo que o transforma em um Netbook) e em qualquer lugar que eu vou. O problema do IPad é que ele tem muitas tentações (Steve Jobs é genial!) e nos dias de pouco rendimento, é preciso lutar para manter o foco ao invés de ceder para belezuras da appstore.

    ResponderExcluir
  10. Mocam,
    Gostaria de parabenizá-lo pelo excelente "post" e pelo blog.
    Já faz algum tempo que estou escolhendo entre um sony e um kindle. Aparentemente, o kindle apresente vantagens.
    Fará uma boa dupla com meu scanner que digitaliza uma pilha de papéis (frente e verso).
    Quanto ao IPAD, acho que a tecnologia e-ink do Kindle e-book da sony é mais interessante para nós concursandos que temos que ler muito texto. As telas luminosas cansam a vista.
    Atualmente, apenas está isento de imposto para quem traz na bagagem, mas um advogado já conseguiu o direito de importar sem tributação, alegando que o Kindle é um livro.
    http://editoraplus.org/blog/kindle-foi-isento-de-impostos-sim-mas-so-para-quem-traz-na-bagagem/
    Acho que vale a pena comprar diretamente pelo "site" da AMAZON.
    http://editoraplus.org/blog/kindle-3-no-brasil-bom-e-barato/

    ResponderExcluir
  11. Tenho um Kindle 2 também... é muito bom o bichinho. Já li muita coisa nele.

    Agora ele aparenta ser meio frágil... tô correndo muito atrás de uma capa, mas só acho as da Amazon que são caríssimas... tu tem alguma dica nesse sentido?

    abração, parabéns pelo blog... conheci há poucas semanas pelo CW e tô adorando.

    ResponderExcluir
  12. Parabéns pelo post. Pena que o aparelho é muito caro, não?! Mas deve ser um aliado para quem tem tempo para ler dentro de ônibus, metrô etc.

    ResponderExcluir
  13. Caro Mocam,
    este post me encorajou a comprar o Kindle. Há anos namoro este dispositivo mas os preços eram proibitivos, mas agora estão bastante atraentes.
    Depois de ver seu video fiquei louco e depois de uma semana de buscas conclui que a forma mais barata de adquiri-lo era pelo site da propria Amazon. Os preços no Mercadolivre e em sites nacionais estão muuuito maiores.
    Com tributos e despesas de envio ficou em apenas US$ 312,15 (cerca de R$ 520,00). Basta possuir um cartão de crédito internacional. A compra chega em poucos dias pelas maos da DHL.
    Quando chegar posto novos comentários.
    Um grande abraço e bons estudos.

    ResponderExcluir
  14. @Concurseitor
    Caros Mocam e leitores.
    O Kindle chegou ontem, quatro dias depois da compra. Estou muito satisfeito. Já instalei algum material para leitura, a CF e o CP. Copiei alguns códigos do CD que vem com o Vade Mecum da Rideel, mas realmente o formato PDF não é agradável. Melhor baixar do site da presidência e converter com os programas indicados.

    Quem puder, invista no equipamento. Vale cada um dos centavos investidos e sem sombra de dúvida é uma excelente ferramenta para o concurseiro.

    Abraços a todos.

    ResponderExcluir
  15. @Concurseitor

    Confesso que fiquei apreensivo por você. Mas que ótimo que tudo se resolveu bem. Quatro dias é prazo de entrega para dentro do Brasil. Está muito bom!

    Lembra do que disse sobre os impostos? Como havia referido no texto, sabia somente da possibilidade de trazê-lo como objeto pessoal numa viagem ao exterior. Como ficou a taxação do seu aparelho? Houve?

    Conte para gente como foi todo o processo de compra... Certamente os outros leitores ficarão mais esclarecido (e mais destemidos) qto à compra.

    Ah! Qto ao pdf é uma porcaria mesmo. Mas se vc converter ele pelo Calibre no formato MOBI fica belezinha.

    Um forte abraço e obrigado pela leitura no blog,

    MOCAM

    ResponderExcluir
  16. @MOCAM
    Mocam, se vc ficou apreensivo imagine eu. Mas a compra foi super tranquila. Pelo site da amazon é possível acompanhar o trajeto da mercadoria. O produto saiu de Phoenix, Miami, São Paulo e chegou em minha cidade com um dia de antecedencia. Os tributos são ardidos mas saiu mais barato que se comprasse algo aqui. R$ 159,98 recolhidos pela propria Amazon. Acredito que nunca comprei algo através da net cuja transação e rastreio da mercadoria foram tão profissionais. Se alguem quiser encarar vale a pena.

    ResponderExcluir
  17. @MOCAM
    Aparelho + custos de envio + tributos brasileiros = US$ 312,15

    Operação mais segura do que comprar em sites brasileiros de reputação questionável.

    ResponderExcluir
  18. Mocam, venho acompanhando seu blog desde semana passada, quando vi o link no fcw. Muito bom,por sinal =)
    Faltou somente esclarecer 1 quesito que considero importante neste gadget. Quanto tempo dura a bateria?
    Abraco e bons estudos

    ResponderExcluir
  19. @João Victor

    Boa João, muito bem lembrado.

    Com o wireless ligado, minha bateria chega a durar algo em torno de 1 semana. Com ele desligado, sem usar o mp3 player ou o navegador da internet, um pouquinho mais. A façanha se deve ao fato de que o Kindle, praticamente só gasta energia nas mudanças de página.

    Muito obrigado pela leitura do blog. Olha, ele já tem seis meses e umas 60, 70 postagens (acredito). Navegue por aí. E se gostar, indique para os amigos.

    Um forte abraço e muito sucesso na sua caminhada,

    MOCAM

    ResponderExcluir
  20. Caro MOCAM, bom dia! Sou magistrado e professor aqui no meu estado, o Piauí. Estava quase desistindo da compra do kindle (wifi+3g), porém, ao buscar um pouco mais de informações sobre o aparelho, achei este seu blog. Obrigado, mesmo, por ter retirado as minhas dúvidas até então enraizadas, visto que a maior delas era a conversão de docs para a respectiva migração e leitura no equipamento. Hoje mesmo vou à caça da "fera". Se puder ser-lhe útil em alguma coisa aqui no meu PI, disponha. Abraços, alcance os seus sonhos e fique com DEUS. E obrigado, de novo!

    ResponderExcluir
  21. Caro Mocam! Por acaso vc tem o arquivo das súmulas organizadas em formato "mobi" ou outro compatível com o kindle? tentei converter o arquivo "pdf" e não consegui abrir no meu kindle.
    abraço. Daniel @danielssalvador

    ResponderExcluir
  22. Daniel

    As súmulas estão sendo reorganizadas. E qdo postá-las novamente já vou disponibilizar o arquivo para formato do Kindle.

    Acabo de antecipar uma das novidades do Blog do MOCAM - Os ebooks!

    Abs,

    MOCAM

    ResponderExcluir
  23. Caro Mocam e leitores,
    Depois de inumeras tentativas em converter PDF em ebook que possam ser lidos no Kindle cheguei a excelentes resultados usando o programa PDFtoEpub 1.5 em conjunto com o Calibre.

    Este programa é capaz de remover cabeçalhos e rodapes de textos antes de converter-los em epub ou mobi o que estava sendo um desafio.

    O programa é pago mas há uma promoção no site dele pra quem se cadastrar como autor e ai o programa sai de graça.
    Use-o para converter para Epub e depois use o Calibre para converter o Epub em Mobi que os resultados são excelentes.

    ResponderExcluir
  24. olá recentemente terminei a faculdade de direito, estava procurando um leitor que me auxilia-se no estudo, gostei muito do seu blog era justamente o que eu estava procurando, um aparelho pra ler todas as apostilas que possuo em pdf, e gostaria de saber se atraves do kindle é possivel ler por horas e horas as apostilas. (fazendo todo o processo necessário ja apresentado por você para uma qualidade melhor)parabens pelo blog
    até mais

    ResponderExcluir
  25. Mocam, parabéns pelo blog e pela dica.
    tenho uma dúvida: a tela de 6' não fica muito pequena para ler? o fato de termos que "virar a pagina" praticamente a cada 15 ou 20 segundos, nao acaba por atrabalhar a leitura?? gostaria que você opinasse se valeria a pena a compra do kindle DX (tela 9') por essas razões. ps: não levar em cosideraçao o preço (mais caro) e a portabilidade (27cmX18cm).
    muito obrigado, estou na duvida a algum tempo em relaçao a compra de um e-book, mas com certeza irei adquirir um após a leitura desse post.
    abraços. carlos

    ResponderExcluir
  26. @Anônimo A tela de 6" causou estranheza qdo vi o aparelho. Mas acabou qdo botei o bichinho pra funcionar. Vc tem que considerar que o tamanho da fonte pode aumentar ou diminuir, além de mudar a orientação do aparelho (retrato ou paisagem).

    E sobre a portabilidade, não dá pra deixar de lado. Já vi gente que comprou e não gostou. Imagina vc andando com um aparelho + ou - do tamanho de um papel A4, que faz, basicamente o mesmo que um de 6 pol? O de 6 pol. mais parece uma agenda. O DX é meio um trolhão.

    Grande por grande, pegue logo um Ipad. Ainda que o tamanho (e o preço) sejam maiores, pelo menos terá mais diversão. Ele é muito legal.

    Abs,

    MOCAM

    ResponderExcluir
  27. Oi Concurseitor,
    como você realizou a compra no site da amazon? Não estou conseguindo. Dá para me dar uma ajudinha?
    Agradeço desde já

    ResponderExcluir
  28. Grande MOCAM, comprei o meu kindle na bestbuy, eua, sem dúvidas um ótimo aparelho para concurseiros.
    Porém estou apanhando nele. Tenho milhares de aulas do pontodoconcurso.com.br - Delegado da PF principalmente, o grande problema é que TODOS os arquivos, além de ser pdf, tem rodapé e cabeçalho. Daí você tira a experiência que é. Mas estou colocando os arquivos no world, .doc, tiro todos os rodapés, e depois converto para mobi via calibre.
    Mas tirando isso é fantástico.
    Se quiser trocar material, tenho da LFG tb, entra em contato.
    tititrs@hotmail.com

    ResponderExcluir
  29. E esse da Positivo http://www.submarino.com.br/produto/10/22933231?WT.mc_id=ATG_Inform%C3%A1tica&WT.mc_ev=click# alguém conhece ? já testou ?

    ResponderExcluir
  30. MOCAM, saberia me dizer se o ipad tem a mesma tela de leitura de textos do kindle, ou seja, confortável também, assim como o kindle? Abs!

    ResponderExcluir
  31. @Thiago Ramos Varanda

    Não. São produtos que se assemelham, mas não podem ser comparados. Disse isso acima. No Ipad há luz por atrás da tela (uma tela de LED). No Kindle não. A tecnologia é E-ink.

    Acho o Ipad sensacional. Mas não compraria, pelo menos agora. É caro e ia me distrair demais. O briquedo é tentador.

    Sugiro a leitura do Kindle Blog Brasil. Sensacional o site. Nele, há muitas explicações sobre isso.

    Abs,

    MOCAM

    ResponderExcluir
  32. Genteeeeeeeeeee

    amei meu kindle...
    só falta essa funcionalidade toda que vcs falam, tô "mais perdida do que bala em tiroteio"

    passei minhas aulas do lfg pro pdf, mas a leitura não é muito prática. Agora as súmulas organizadas pelo Mocam ficaram PERFEITAS!!!

    Preciso aprender sobre tecnologia rapidinho, tenho prova em 20 dias e estou quebrando a cabeça ainda com meu babykindle...

    Obrigada Mocam!
    Kathy

    ResponderExcluir
  33. Mocam, me tira uma dúvida por favor. Tem como marcar trechos do texto? Abraços!

    ResponderExcluir
  34. Mocam,
    dá para criar pastas ou subpastas no kindle?

    aprendi a converter, deve ser coisa de homem, pq meu marido resolveu tão rápido quanto trocar uma lâmpida... rsrs

    ResponderExcluir
  35. @kathy

    Não. Mas o agrupamento dos livros pode ser feito através das coleções. Vá no menu principal e selecione a opção "create a new collection" e depois vá adicionando seus ebooks a elas.

    Mas, definitivamente, as coleções não funcionam como pastas. São apenas agrupamentos.

    Abs,

    MOCAM

    ResponderExcluir
  36. @Eduardo

    Sim. Eles viram um discreto sublinhado. E vc pode acrescentar notas remissivas a estes sublinhados.

    Abs,

    MOCAM

    ResponderExcluir
  37. Boa tarde! Mocam, meu nome é Aline, e gostaria de saber se é possível usar mouse? quais as cores do sublinhado? e ainda se é possivel converter o arquivo (extensão) do Kindle para a extensão doc?

    Desde já agradeço.

    ResponderExcluir
  38. Mocam, comprei um kindle (muito por conta desse post). Tenho um material PDF (caderno do LFG que baixei), e vi que fica ruim mesmo ler PDF sem converter. Baixei o calibre, converto pra MOBI (e aí as funções do kindle surgem), só que todas as coisas coloridas, imagens, tabelas.. ficam pretas! Vi você ensinando como faz. Mas só com word. O material que baixei, não permite modificar, copiar nada. Tô perdido. Comecei a converter pra word e ajeitar tudo isso (é uma dificuldade enorme). Mas eu passaria 6 meses só fazendo isso. Você poderia me dá alguma dica?
    Abraço e parabéns pelo blog.

    Rodolfo Balboa

    ResponderExcluir
  39. Mocam, muito legal seu blog e suas informações sobre o kindle. Por acaso você ou alguem no blog sabe dizer se existe algum programa ou alguma forma de aparecer na parte inferior da tela do kindle aquela barrinha de acesso aleatório para as páginas de um livro? Deu para entender? Ou seja, aquela barrinha ou cursor que já vi na hora de ler alguns livros em ipad de colegas meus (pois nao tenho ipad) e outros aparelhos em que colocamos a ponta do dedo em cima dessa barrinha e arrastamos aleatoriamente para frente e para trás e vai mostrando em que pagina irá acessar caso soltemos o dedo. Pois se isso existir para o Kindle alguém por gentileza me informe pois vou instalar no meu pois o acesso, a meu ver, fica mais rápido e fácil do que entrar em menu e digitar a pagina que se quer. Um grande abraço a você Mocam e a todos visitantes do blog.
    Oswaldo

    ResponderExcluir
  40. Excelente o post!

    Inclusive, foi uma causa determinante pra eu comprar um Kobo Touch! Estou gostando muito, menos das dificuldades em colocar o material pra ser lido...

    Pedir pra você colocar seus materiais pra gente puxar exige tanta cara de pau que eu não tenho nem coragem haha mas pensei se humildemente pedir pra você disponibilizar os arquivos das leis famosas convertidas não seria possível?

    Ou podia fazer um tutorial explicando para os menos "tecnológicos" o processo de conversão do arquivo html em epub ou algo semelhante...

    Muito obrigado!!!

    ResponderExcluir
  41. Mocam,
    Como meu objetivo é usar o aparelho para leitura de cadernos de concurso, gostaria de saber se, convertido o arquivo .doc, ele (ou o Kobo) tem conservada a sua formatação, especificamente quanto á existência de frases com tamanhos de letra e fontes diferentes (Por exemplo, uma linha tamanho 10, Arial e outra 14, Calibri, são exibidas de forma diferente ou a conversão torna o texto homogêneo?). Os grifos feitos no word (Aqueles coloridos) são mantidos em preto e branco?
    Obrigado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não, infelizmente ele não conserva a formatação. Muito menos o colorido. Aconselho a compra de um tablet para estes casos.

      Abraços,

      MOCAM

      Excluir
  42. Olá

    Seu Kindle ainda funciona 100 %? E a bateria, quantos dias aguenta seu eu estudar, por exemplo, 5 horas por dia?

    ResponderExcluir
  43. Que legal, achei que fosse só eu que usasse um e-reader pra estudar pra concurso.
    O meu é um Kobo Touch super lindo que eu carrego pra todo lado. Resolvi comprar quando vi que as pilhas de apostilas estavam se tornando inviáveis e meus olhos não aguentavam mais ler no computador. A leitura no computador desenvolve a Síndrome do Olho Seco.
    Eu não converto nenhum arquivo, leio em pdf mesmo, só não dá pra aumentar a letra, mudar a fonte...Mas quebra um galho danado, pois como o meu tem a tela touch eu deslizo a página em pdf e dá pra ler tranquilamente. Fica melhor quando o arquivo tem a fonte um pouco maior e as margens grandes (3cm cada uma), porque aí eu leio com o kobo na horizontal.
    Gostei quando você disse que ainda não teve tempo pra leituras mais amenas; o meu veio com um livro de brinde em .epub chamado O Silêncio das Montanhas, mas até hoje não tive tempo pra ler, quem sabe quando eu passar num bom concurso...

    ResponderExcluir

• Vídeos, dicas de estudo, materiais gratuitos e muito mais. Grupos de estudo e muita informação sobre concursos das carreiras jurídicas. Acesse o Blog do MOCAM e cadastre-se no Fórum do MOCAM.

• Discordar é saudável. Mas comentários ofensivos não serão publicados.

• Publicidade não será permitida.

• Não serão publicados comentários contendo emails, números de telefones, endereços ou outros dados pessoais.

Veja Também no Blog do MOCAM