segunda-feira, 15 de novembro de 2010

Olhos puxados, não fechados!

Essa semana, num fórum que frequento, li um comentário acerca de um cursinho pré-vestibular sul-coreano onde os alunos estudam 16 horas por dia. Revolvi garimpar o vídeo no YouTube para que os leitores do blog pudessem tecer seus comentários. 

Confesso que na primeira vez que vi o vídeo, fiquei estarrecido com a disciplina quase ditatorial. Mas isso porque tentei medir a realidade brasileira com o "metro oriental". Realmente, temos muito o que lapidar em nossa educação, a começar pela própria definição dela. Aqui, ao desenhar o próprio nome, qualquer um diz-se alfabetizado, passando a integrar o contingente dos analfabetos funcionais. São aqueles que não conseguem interpretar a bula do próprio remédio, mas que se candidatam, amealham o voto de outros tantos analfabetos, e vão representar o povo no legislativo.

Fica a impressão de que os orientais conseguem fazer tudo melhor. Melhores carros, melhores eletrônicos, mais gênios. Até ditadura eles fazem melhor! É, porque oriental quando resolve fazer ditadura, faz a China, que está dando uma canseira no mundo e nos EUA com a desvalorização de sua moeda. Latino-americano quando resolve fazer ditadura, faz Cuba, um pedaço de terra cercado de Fidel por todos os lados. Brincadeiras à parte, o segredo do sucesso deles é óbvio: determinação e educação. Mas aqui no Brasil, pensar no óbvio dá muito trabalho.

Voltando ao vídeo e ao que interessa à temática deste blog, chama a atenção o senso de disciplina e a determinação dos estudantes. No vídeo, há um trecho que mostra o espaço destinado aos alunos que estão com sono e que precisam continuar estudando. Aquilo é emblemático. Adaptando tudo isso à nossa realidade, ficam muitos ensinamentos. Há sempre o que melhorar. Só vai mais longe aquele que se predispõe a caminhar um quilômetro a mais. Vai mais longe o resiliente, o otimista, o que sofre a queda mas não se acomoda com os joelhos dobrados.

Assistam o vídeo logo abaixo e tirem suas próprias conclusões.

Desejo a todos uma semana, digamos, "oriental".

Um forte abraço,

MOCAM


12 comentários:

  1. Nossa, isso é o que chamo de disciplina espartana, ou melhor, coreana, rs...
    Parabéns pela postagem, MOCAM! Muito interessante! Semana passada estava trabalhando, prolatando uma sentença penal, e sabia da existência de uma determinada súmula do STJ para fundamentar a fixação do regime inicial do cumprimento de pena, mas não me recordava o número da bendita súmula. Na hora lembrei do material sobre súmulas separadas por matéria e disponibilizado aqui no blog. Foi uma mão na roda, rs... Muito obrigado!

    Abraço,
    Leonardo

    ResponderExcluir
  2. neste ritmo, de 16 horas por dia o camarada com 6 meses passa em qualquer concurso aqui no Brasil

    ResponderExcluir
  3. oi MOCAM,
    legal sua postagem.
    Me surpreendo cada dia mais com sua concisão,
    sua capacidade de, em uma postagem,sintetizar
    sentimentos.
    Parabéns.
    Beijinhos. rssrsrsrsr.

    ResponderExcluir
  4. E eu que estudo 8h por dia e acho que faço muito!! Me deu até vergonha, afinal eles são tão jovens e tão deteminados. Inspirador.

    ResponderExcluir
  5. Olá! Ótimo vídeo, td o que eu precisava para dar um ânimo. bjs
    Adriana

    ResponderExcluir
  6. Meu Deus, e eu que achava que estudava muito! Por isso que o Brasil não vai pra frente, kkkkkkk!!! Agora seu de onde vem tanta tecnologia e criatividade! O vídeo demonstra que determinação, disciplina e estudo realmente são a arma para se atingir o sucesso!

    Beijinhos MOCAM!

    Ass.: Vouconseguirpb

    ResponderExcluir
  7. É bom que se diga que naquele café da manhã mostrado na filmagem eles tomam 150mg de ritalina dissolvidos em leite. No período da tarde, é injetado na veia de cada estutante, uma poção de red bull, café extra forte, guaraná em pó e mais ritalina. Para nós isso seria impossível, pois nossos níveis de ansiedade nos levariam a um colapso mental. Mas para eles é possível, graças à milenar paciência oriental. É o "metro" oriental, como disse o MOCA, e cada um no seu quadrado. Mas que inveja!!! Espero que, após esse vídeo, eu acrescente ao menos meia hora diária aos meus estudos.

    ResponderExcluir
  8. Mocam, o post maluco da ritalina é do colega virtual KAFKA, se for possível a vc acrescentar embaixo essa informação, sem problemas. Qto a este, desaprove-o pois não tem relação com o texto.

    ResponderExcluir
  9. Mocam conversei com uma amiga da família que tem uma agência de viagem, e acertei tudo.
    Daqui 7 dias estarei embarcando para a COREIA DO SUL, na mala nada de roupas, pois somente usarei um macacão preto com detalhes laranjas fornecido pela escola.
    Levarei poucos livros, 1 vademecum, 4 códigos comentados, alguns cadernos, e livros de questões comentadas, o resto eu pego pela internet.
    Um abraço a todos....TO INDO PRA CORÉIA...NA VOLTA ENCONTRO VOCÊS NA POSSE PRA JUIZ FEDERAL...abraço a todos.

    ResponderExcluir
  10. O comentário do cara ali em cima disse tudo.
    HAHAHAA
    Se voê estudar 16 horas por dia, todos dias da Semana.... em um ano vc passa em qualquer concurso....

    ResponderExcluir
  11. Pode até Passar, mas seqüelas ficarão. Tudo na vida tem limites. Na minha adolescência tinha amigos que tomavam injeções para passar as 4 noites e 4 dias do carnaval no pique!Tudo maravilhoso, o corpo aguenta, mas guarda. Hoje, 20 anos se passaram, os que sobrevivem estão com sérios problemas e outros partiram antes da hora. O tempo é o senhor de tudo.
    "Ando devagar porque já tive pressa........um dia agente chega, no outro vai embora...."

    ResponderExcluir
  12. Realmente inspirador....

    ResponderExcluir

• Vídeos, dicas de estudo, materiais gratuitos e muito mais. Grupos de estudo e muita informação sobre concursos das carreiras jurídicas. Acesse o Blog do MOCAM e cadastre-se no Fórum do MOCAM.

• Discordar é saudável. Mas comentários ofensivos não serão publicados.

• Publicidade não será permitida.

• Não serão publicados comentários contendo emails, números de telefones, endereços ou outros dados pessoais.

Veja Também no Blog do MOCAM