quarta-feira, 15 de setembro de 2010

Como anda o seu desempenho nas provas objetivas?

Como anda o seu desempenho nas provas objetivas dos concursos? O meu, ainda pífio. Às vezes nos deparamos com uma nota que pode parecer baixa em relação às notas que tivemos em concursos anteriores. Mas o que é baixo ou alto, bom ou ruim, só pode ser aferido comparativamente. Ou seja, você estará melhor na medida em que sua nota se aproximar da nota de corte do concurso. Afinal, se a prova foi difícil para você, também foi para todos.

Pensando numa forma de avaliar a médio e longo prazo meus resultados, há muito criei um gráfico que procura demonstrar as minhas evoluções e deficiências. Para não fugir da regra deste blog, disponibilizo para todos a referida ferramenta.

O arquivo é bem simples, com um gráfico de duas linhas. A vermelha representa a nota de corte do concurso e a azul a sua nota no certame. Clique aqui para baixar o arquivo (Obs.:17/09/2010 - atualizei o arquivo para uma versão menor e mais rápida para baixar).


Alimentando a tabela:

1) No campo indicado pela seta, adicione a sua nota no concurso. Detalhe: a nota deve ser sempre inserida em percentuais. Eventuais décimos de porcento devem ser separados por "vírgula", nunca por "ponto". Exemplo: 74,25%.



2) Agora faça o mesmo com o campo logo abaixo, preenchendo-o com a nota de corte do concurso. Aqui a observação sobre a forma como inserir a nota continua valendo (em percentual, sempre separadas as frações por vírgula, nunca por ponto).


3) Repare que a medida em que os valores são inseridos, o gráfico já vai se formando automaticamente.

4) Você pode também trocar os campos indicativos dos concursos pelo nome que desejar. No exemplo, vamos alterar o campo "concurso A" para "TJSC 2010". Repare que o nome do concurso já vai trocando automaticamente no gráfico exibido:

5) Agora é só alimentar toda a sua tabela e analisar o gráfico de acordo com a preparação que tem feito.


Observações:

A frieza dos números às vezes pode assustar. Mas esse gráfico tem sido essencial para direcionar a minha preparação. Nos dois meses que antecederam o último concurso da magistratura do estado de Goiás, fiquei meio empolgado com o livro do Elpídio Donizetti que havia comprado e, praticamente, monopolizei minha preparação com a resolução de questões. Resultado: o meu gráfico, que vinha numa crescente discreta, aproximando-se da nota de corte, caiu sensivelmente. No concurso seguinte (TJPR), voltei a focar em lei seca, mas ainda resolvendo questões, só que sem exclusividade. O resultado é que voltei a me aproximar da nota de corte, embora não tenha passado.

Somente aconselho a utilização do gráfico para monitorar o desempenho em concursos que possuam a mesma linguagem. Assim, se você é do tipo que faz concurso de escriturário do Banco do Brasil (nada contra) até juiz federal, o gráfico certamente não lhe será muito útil. Isso porque são concursos de disciplinas distintas, exigindo um foco específico para cada um.
 
Ainda, é importante entender e discernir o que só pode ser imputado ao tempo, e o que deve ser imputado às falhas na preparação. Não há como exigir um resultado brilhante de si mesmo, se sua jornada começou há dois meses. Mas se você, como eu, vem acumulando insucessos já a algum tempo, é hora de ficar atento ao que dá mais resultado. Errar é humano. Persistir no erro é burrice. Estar atento e predisposto a mudanças é conditio sine qua non para quem quer alcançar o grau de excelência necessário para aprovação num concurso da envergadura da magistratura.

Um grande abraço a todos,

MOCAM

8 comentários:

  1. Excelente, vou adotar esse quadro agora!!! Ah, obrigada pela notícia do concurso do THDF e da Defensoria de Goiás!!!

    Um abraço!!! Fique com Deus, vc e sua família!

    Ass.: Vouconseguirpb

    ResponderExcluir
  2. Fala,MOCAM!Até ontem eu estava exatamente refletindo sobre as diferenças de notas obtidas nos meus simulados.De repente encontro, na prática, alguém(vc) falando sobre isso.Mto bom!
    Abraço!

    Schutzjäger.

    ResponderExcluir
  3. judiou nota de corte no TJ/SC 2010 em 74,25% heim...hauiahiuahiuahiuahi

    ResponderExcluir
  4. Caro MOCAM,

    muito legal o seu blog, ótimo trabalho.

    Abração.

    Att.

    hneubauer

    ResponderExcluir
  5. Oi Mocam!

    Muito bom o gráfico. Já adotei.

    Parabéns!

    PS: acho que o corte do TJSC 2010 foi 68%.

    ResponderExcluir
  6. Olá Mocam obrigada pelo apoio que vêm dando a todos nós! Um grande abraço!
    Rahis

    ResponderExcluir
  7. Conheci seu blog agora e estou adorando! Obrigada por compartilhar suas experiências. E obrigada também pelos materiais e dicas disponibilizadas.

    Abç.

    ResponderExcluir
  8. Muito bom o tópico, seguirei suas dicas, tfa...
    Raphelson

    ResponderExcluir

• Vídeos, dicas de estudo, materiais gratuitos e muito mais. Grupos de estudo e muita informação sobre concursos das carreiras jurídicas. Acesse o Blog do MOCAM e cadastre-se no Fórum do MOCAM.

• Discordar é saudável. Mas comentários ofensivos não serão publicados.

• Publicidade não será permitida.

• Não serão publicados comentários contendo emails, números de telefones, endereços ou outros dados pessoais.

Veja Também no Blog do MOCAM